Título: História Oral e Património Industrial 

Autor: Leonor Medeiros 

Edição: APAI, 2018

No âmbito das Jornadas Europeias do Património, com o tema "Partilhar Memórias", a APAI preparou este guia com indicações prácticas para a realização de entrevista no âmbito de recolha de história oral.

Descarregue gratuitamente.

Título: Casa Hipólito - História, Memória e Património de uma fábrica torriense

Autor: Joaquim Moedas Duarte

Edição: APAI e ADDPCTV, 2017

Preço: 12,00 €

Começando com uma pequena latoaria no início do séc.XX, António Hipólito foi expandindo a sua empresa até atingir, algumas décadas depois, quase 1400 trabalhadores. Este livro - versão refundida da dissertação de Mestrado apresentada em 2017 pelo professor e patrimonialista Joaquim Moedas Duarte - descreve, de forma rigorosa e bem documentada, o percurso daquela que foi a maior empresa torriense, a CASA HIPÓLITO.

Título: Portugal: Qual o Lugar do Património Industrial e Técnico? - Livro de Resumos

Coordenação: Leonor Medeiros e Jorge Custódio

Edição: APAI, 2016

Edição digital do livro de resumos do Colóquio – Portugal: Qual o Lugar do Património Industrial e Técnico?, que decorreu no Museu Arqueológico do Carmo, Lisboa durante os dias 9 e 10 de Outubro de 2015.

Descarregue gratuitamente.

 

 

Título: Manual do Aprendiz de Relojoeiro
Autor: Francisco Barbosa
Reedição fac-similada: APAI, 1990
Colecção: Cadernos de Arqueologia Industrial
Série: Livros técnicos
Preço: 8,00 €
Francisco Barbosa, um relojoeiro de Lisboa com 25 anos de experiência, entendeu apresentar em 1927 um manual destinado a elucidar as pessoas que queiram estudar o início dos trabalhos técnicos de relojoaria. O livro tem assim, a pretensão de auxiliar os aprendizes nesta Arte de Relojoaria, através da explicação, ilustrada, das principais noções e segredos da profissão. Hoje, os amantes desta Arte podem ainda aprender muito sobre a afinação e recuperação dos velhos relógios mecânicos.

 

 


Título: Museologia e Arqueologia Industrial
Autores: Jorge Custódio, Luísa Santos, Isabel Ribeiro,
Marc Barblan
Edição: APAI, 1991
Colecção: Cadernos de Arqueologia Industrial
Série: Estudos
Preço: 6,50 €
Esta publicação apresenta um conjunto de estudos e projetos que contribuem para o aprofundamento das relações científicas, culturais e técnicas entre a arqueologia e a museologia. De igual modo pretende fomentar a discussão e debate da museologia portuguesa, quer nos meios operacionais, quer a nível universitário.

 

 

 

Título: Alto Forno de Pedreanes – Marinha Grande
Autores: Alfredo Tinoco e Jorge Custódio
Edição: APAI, 1997
Colecção: Cadernos de Arqueologia Industrial
Série: Estudos
Preço: 4,00 €
A intervenção arqueológica no lugar do Alto Forno de Pedreanes acontece em 1987 e permitiu completar a informação científica sobre a atividade siderúrgica em Portugal no séc. XIX, bem como, restituir à comunidade da Marinha Grande parte da sua histórica do património industrial da época manufactureira e fabril.

 

 

Título: Arqueologia & Indústria, nº 2/3
Edição: APAI e Edições Colibri, 1999
Preço: 9,00 €
Este número da Revista da Associação Portuguesa de Arqueologia Industrial apresenta vários artigos de autores, a saber: A fábrica da Pólvora de Barcarena; Aspectos de permanência e inovação na indústria papeleira em Portugal no séc. XIX; As minas portuguesas do Antigo Regime ao Liberalismo; Salinas históricas da comunidade de Madrid; Maquinaria em Fábricas de Vidro; A utilização de novos ateriais e estruturas no contexto do património urbano oitocentista; A arquitectura a electricidade em Portugal (1906-1911) - a Central Tejo em Lisboa e a Central do Ouro no Porto; Central Tejo (1916-1972); Museus Industriais – projetos e experiências; Arquivos e Indústria; Acção educativa e divulgação do Património Industrial; e alguns apontamentos da atualidade em torno do Património Industrial.

 

 

Título: Introdução ao estudo do vidro medieval
Autores: Manuela Almeida Ferreira
Edição: APAI
Preço: 7,00 €
A autora nesta publicação apresenta a vidraria da época das grandes migrações, a bizantina, a islâmica e a europeia dos sec. XI a XV. Em cada capítulo é apresentada uma tabela de países com desenhos numerados dos objetos produzidos em vidro, e a legenda dos mesmos surge após cada tabela. Assim, nas produções vidreiras da Idade Média temos os vasos de vidro utilitário, os luxuosos decorados por técnicas de esmaltagem, gravação e lapidação, bem como, o vidro plano e materiais de revestimento como o mosaico.

 

 

Título: Catálogo do Museu de Lanifícios da Universidade da Beira Interior. Núcleo da Tinturaria da Real Fábrica de Panos
Coordenação: Elisa Calado Pinheiro
Edição: Universidade da Beira Interior, 1998
Preço: 12,50 €
Neste catálogo o leitor encontra elementos fundamentais para a compreensão do Museu, da indústria de lanifícios da região Covilhã e Serra da Estrela, nomeadamente a Real Fábrica de Panos da Covilhã – Manufactura do Estado, e o processo de musealização do Núcleo da Tinturaria desta mesma Fábrica.

 

 

Título: I Encontro Nacional sobre o Património Industrial: Actas e Comunicações, vol.II
Edição: Coimbra Editora, Limitada, 1990
Preço: 12,00 €
Esta publicação apresenta os objetivos do Encontro: forum de discussão sobre o conceito dos problemas do Património Industrial; as políticas públicas de salvaguarda e reutilização do Património Industrial; o ponto de situação sobre as investigações em curso na Associação de Arqueologia Industrial da Região de Lisboa; organizar o dossiê de problemas centrais e comunitários do Património Industrial Português; possibilitar a concretização científica e cultural entre os interessados pelo património e arqueologia industriais.
As actas com 959 páginas dão conta dos textos das comunicações divididas em Secções: Conceito(s) de Património Industrial – perspectivas de análise; Património e Arqueologia Industrial, fontes e métodos; Salvaguarda e reutilização do Património Industrial; Arqueologia Industrial e Industrialização portuguesa.

 

 

Título: Empresariado Português: uma abordagem às suas realizações
Coordenação: Jorge Custódio
Edição: Associação Industrial Portuense, 1994
Preço: 15,00 €
O catálogo da exposição regista os homenageados através de textos biográficos e as suas realizações enquanto empresários entre os Descobrimentos e a atualidade, onde cada época é antecedida por um texto de contextualização sócio-económica e empresarial.

 

 

Título: Actas de las primeras Jornadas Ibéricas del Patrimonio Industrial y la Obra Pública
Coordenação: Juan Carlos Jiménez Barrientos e José Manuel Pérez Mazón
Edição: Junta de Andalucia – Consejeria de Cultura y Medio Ambiente, 1994
Preço: 12,50 €
As primeiras Jornadas Ibéricas do Património Industrial e Obras Públicas organizadas em Sevilha e Motril (Granada) no ano de 1990 apresentam-se agora em Actas na continuidade de uma linha de trabalho científico da industrialização que ao mesmo tempo amplia o conceito de espaço ibérico. Assim, pode falar-se de linhas essenciais de trabalho comum, no sentido de reforçar o conhecimento, a proteção e a difusão do Património Industrial. Desta forma, esta investigação contínua avança para a necessidade de proteção e reutilização deste património. Nesta publicação ganha importância o inventário do Património Industrial já estudado em Espanha e em Portugal, bem como a Museologia Industrial italiana, mas também vários estudos teóricos no âmbito destas Jornadas Ibéricas.

Sócios têm 20% de desconto sobre o preço assinalado.

Oferta dos portes de envio para aquisições acima dos 25€. 

APAI - Associação Portuguesa de Arqueologia Industrial

Rua Tenente Espanca, 40 A
1050-224 LISBOA

 

apai.secretariado@gmail.com

© APAI 2019

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now